Fones: (18) 3642-3669 - 99716-3669      |       Comercial: (18) 99666-7671      |    Email: comercial@vanguardacontabilidade.com.br

Notícias

Secretaria de Saúde realiza primeiro levantamento do índice de infestação do Aedes aegypti de 2016

Assunto: Municipais / Por: Portal do Município de Birigui

A Secretaria de Saúde de Birigui iniciou o primeiro Liraa (Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti) de 2016. A pesquisa é importante para verificar o nível de infestação de larvas do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya, e para direcionar a continuidade das ações de prevenção e combate ao inseto no município.

O trabalho começou na última segunda-feira (2 de maio), com previsão de término em 15 dias. O Liraa está sendo feito por quatro equipes do CCVZ (Centro de Controle de Vetores e Zoonoses), totalizando 18 agentes de combate a endemias. Serão percorridos, em média, 120 quarteirões, de todas as regiões da cidade.

O chefe de seção do CCVZ, Ricardo Antônio de Oliveira, disse que os quarteirões a serem visitados foram definidos por meio de sorteio realizado num sistema eletrônico disponibilizado pelo Estado. “O Liraa é uma ferramenta que nos ajuda a mapear o índice de infestação do mosquito no município, além de apontar o tipo de foco que predomina em cada região”, explicou.

AÇÕES PREVENTIVAS

Segundo Oliveira, o levantamento servirá ainda para avaliar todas as medidas preventivas realizadas pelo município desde o início do ano para controlar o número de casos positivos de dengue. A Secretaria de Saúde não tem medido esforços no enfrentamento contra o Aedes aegypti e intensificou as visitas diárias dos agentes nos imóveis para conscientizar os moradores.

Promove ainda a eliminação de potenciais criadouros, bloqueios com nebulização em áreas em que há casos positivos da doença, monitoramento de pontos especiais e estratégicos, palestras educativas em escolas e treinamentos para funcionários de empresas e indústrias. Desde fevereiro, a pasta tem realizado mutirões também aos sábados para combater o mosquito. As ações contam com o apoio da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) de Araçatuba.

Na Educação, os alunos da rede municipal têm sido educados sobre como identificar e eliminar focos do Aedes em suas casas. Diversas atividades lúdicas e pedagógicas são realizadas constantemente. Além disso, a Prefeitura de Birigui tem feito a limpeza de praças e canteiros de avenidas, além de notificar e multar proprietários de terrenos baldios com mato alto e sujeira.

DADOS

Conforme o novo boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (4 de maio), o município contabiliza 7.715 notificações, sendo 3.761 casos positivos de dengue e 2.450 casos negativos. Um caso de zika vírus foi confirmado no mês passado. O último Liraa realizado na cidade, em outubro de 2015, apontou um índice de 2.1%. Para o levantamento foram visitados 2.029 imóveis, sendo encontrados 46 recipientes com larvas do mosquito.